NAVE SONORA: evento de mentoria musical, acontece entre os dias 13 e 16 de Abril

NAVE SONORA: evento de mentoria musical, acontece entre os dias 13 e 16 de Abril
Dani Nega por Sérgio Silva

A fim de capacitar e promover o encontro de novos artistas da música com agentes de diferentes localidades e segmentos dentro do mercado musical, o projeto NAVE SONORA, uma iniciativa da recém inaugurada plataforma Rede Xis (XYS Music Network), realiza sua primeira edição de modo totalmente online entre os dias 13 e 16 de Abril, com inscrições gratuitas já liberadas no site > www.navesonora.com.br 

Em um momento onde grande parte dos músicos e da cadeia musical está praticamente sem trabalho – uma vez que o mercado sobrevive expressivamente de shows realizados ao vivo -, a oportunidade de capacitação e geração de renda por meio de um evento online tem um significado moral que vai além de índices econômicos/financeiros. A NAVE SONORA é uma forma de fazer com que artistas iniciantes consigam manter seus trabalhos e profissionalizar-se independentemente do impacto negativo causado pela pandemia.

“A Nave Sonora é um evento de mentoria com workshops e apresentações musicais, mas que visa reunir mentores e artistas para mostrar como essas carreiras podem ser definidas – e um mês antes do evento, vamos colocar artistas e mentores juntos para desenvolver apresentações coletivamente”, diz Flávio “Scubi” de Abreu, idealizador e produtor executivo do evento. 

Além de Flávio, Amanda Desmonts e o jornalista Alexandre Matias integram o corpo de mentores do projeto, cada um estrategicamente localizado em suas respectivas áreas de experiência – Scubi (gestão de carreira), Matias (direção artística) e Amanda (produção de campo). Além deles, o quadro de mentores da NAVE SONORA se completa com Nancy Silva (produção executiva), Anna Turra (produção e direção de palco) e Nath Birkholz (comunicação). Cada um destes nomes acompanhará um artista em específico, orientando-os durante a montagem de seus projetos.

Ao longo de cinco semanas, seis artistas pré-indicados pela comissão de mentores desenvolverão um espetáculo audiovisual – showcase – que será exibido como seus respectivos projetos finais. Durante o período de um pouco mais de um mês, a comissão curadora realizará workshops específicos em suas áreas de experiência, utilizando como estudo de caso as atrações selecionadas, ao mesmo tempo em que acompanhará o desenvolvimento deste show e todas as características de pré-produção aí envolvidas. 

Sendo assim, a NAVE SONORA traz 6 workshops abertos ao público e 6 showcases destes novos e promissores nomes da música autoral nacional.

Yabba Tutti, MC do abc paulista fundadora do coletivo Guetto Mommys Posse, que visa a ascensão feminina e LGBTQIA+ dentro do reggae, ganhou no ano passado o concurso de novos talentos promovido pelo renomado sound system carioca Digitaldubs e tem os singles “Ouro e Diamante” e “É Nóis que Manda” circulando nas pistas. Mariana Zwarg, flautista, saxofonista, compositora e arranjadora, em 2020 lançou seu elogiado disco de estreia, “Nascentes”, com participações de Hermeto Pascoal e Itiberê Zwarg.

Malu Magri por Julia Pessini

Malu Magri, cuja influência do samba, da bossa e de vertentes lationoamericanas reverberam no trabalho sensível e político apresentado no EP “De uma para Outra” (2020), abordando sexualidade, anseios e desejos. Jeffe, artista não binário que transita por estilos e funções, canta, compõe e performa seu Teatro Musical – tendo uma apresentação no Lincoln Center (NY), o musical “Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro” e o título de vencedor do Festival de Música de Fortaleza (2020) no currículo. 

Dani Nega, atriz, MC, compositora, diretora musical  e ativista, uma metralhadora poética que honra a sigla RAP em suas duas versões: “rhythm and poetry”. Integra a dupla Craca e Dani Nega e em seu novo trabalho retrata o dia a dia criando e vivendo afetos como mulher negra, artista e lésbica. 1LUM3, projeto e persona de Luiza Soares, com produção musical de Liev, propôs no primeiro disco, “antinomia”, uma imersão em luzes, flashes e nuances sonoras, abrindo portas para o Trip-Hop nacional.

As atividades e apresentações contarão com tradução em libras e audiodescrição, a fim de valorizar a inclusão, a acessibilidade e a pluralidade de públicos dentro do NAVE SONORA. Posteriormente, o material captado receberá também tradução legendada para Inglês e Espanhol, ampliando as possibilidades de negócios entre os artistas e possíveis compradores – Festivais, Selos, Salas de Espetáculo, Curadores, Sync & Licensing, nacionais e internacionais.

Pandemia e a música em rede

NAVE SONORA é uma iniciativa da Rede Xis, que pretende se firmar como a maior plataforma de matchmaking do mercado da música no Brasil e, também, referência na indústria da economia criativa. Plataforma e evento nascem da larga experiência da Scubidu Music, produtora presente em mais de cem congressos, feiras e mercados culturais distribuídos em quatro continentes nos últimos 15 anos.

Quase um ano desde o início do isolamento social no Brasil devido à pandemia do novo Coronavírus, a Scubidu Music participou ativamente de diversos eventos que foram “digitalizados”, isto é, projetos que ocorreriam de maneira presencial, mas que tiveram de ser adaptados para o ambiente virtual. 

Em um momento em que o ecossistema da música precisa estar em rede, a Rede Xis se compromete a ter um papel transformador. Sua primeira ação, a NAVE SONORA, quer estabelecer novos paradigmas para a apresentação de trabalhos artísticos, negociação nacional e internacional e resultados práticos em um evento totalmente digital e gratuito.  

NAVE SONORA – de 13 a 16 de abril de 2021


Acesso: http://www.navesonora.com.br – totalmente online e gratuito
Inscrições: por CNPJ, apenas artistas podem se inscrever com CPF. 
Programação:

  • Dia 1: Abertura/Workshops
  • Dia 2: Workshops 
  • Dia 3: Workshops/Apresentações Musicais 
  • Dia 4: Apresentações Musicais

O projeto é apresentado pelo Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa com produção da Rede Xis (XYS Music Network) 

Redação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: