O canto e os encantos do ‘beija flor’, Jota.Pê

O canto e os encantos do ‘beija flor’, Jota.Pê

“Busco ser fôlego com meu trabalho”. Esse é o propósito, alcançado com êxito, do meu entrevistado deste mês. Um artista muito querido, dono do sorriso mais cativante da internet e que está voando cada vez mais alto, levando amor e música por onde vai. Estou falando do maninho Jota.pê.

Aqui, ele conta sobre suas influências musicais, sobre a origem do duo ÀVUÀ, de como às lives ajudaram a ampliar o alcance de sua arte e, que artistas, além da Maria Rita, ele gostaria de fazer feat. Sem mais, fique com a entrevista abaixo.

Jota.pê Beija Flor
Foto: Divulgação

Feitos De Música > Minha voz (o que te inspira a cantar?)

Jota.pê > Eu sempre amei música, viver da arte sempre foi um sonho pra mim, até se tornar realidade. Busco ser fôlego com o meu trabalho.

Feitos De Música > Influências (de pessoas /artistas e estilos em seu trabalho)

Jota.pê > Acredito que além dos consagrados, Djavan, Gil, Caetano, Emicida e Lenine, ultimamente sou muuuito influenciado e inspirado pelos meus amigos próximos, Nina Oliveira, Camila Brasil, Anna Tréa, Bruna Black e os caras do 5 a Seco.

Feitos De Música > Você tem conseguido se desconectar, respirar e fazer coisas que não fazia há tempos? Está tendo oportunidade de aprender ou produzir algo novo?

Jota.pê > Eu estou realmente muito focado na arte, então, até meus novos aprendizados tem a ver com música. Como aprender produção musical e tals. E, inclusive, tô preparando uns discos novos.

Feitos De Música > Com a pausa na indústria de entretenimento por conta do distanciamento social. Você e outros artistas tiveram que atuar mais ativamente através dos palcos virtuais. Como está sendo experiência para você?

Jota.pê > Eu era um artista que não fazia lives, não curtia muito. Hoje, realmente gosto e vejo certas vantagens. Nada substitui o calor humano, mas foi bacana descobrir gente que acompanha meu trabalho em estados, países que eu ainda não estive e que graças às lives, podem me ver tocar e conversar comigo.

Feitos De Música > O duo ÀVUÀ é um projeto lindo que você atua ao lado da maravilhosa Bruna Black. Eu sou apaixonado pela música “Conte Comigo”. Conta pra gente: como surgiu o duo e o que podemos esperar em breve do mesmo?

Jota.pê > A construção do duo foi um processo muito natural, eu e Bruninha já cantamos juntos várias vezes, participando um do show do outro e até a gravação de “Conte Comigo” aconteceu antes de sermos um duo de fato.

Nascemos oficialmente por acaso, fomos numa festa de aniversário, e acabamos cantando. Após a apresentação, o aniversariante e a festa inteira perguntaram se éramos uma dupla, ou se tínhamos vontade de ser uma. A partir daí tivemos apoio do Lucas Mayer, produtor musical, que de pronto, se ofereceu pra produzir a gente, e então nós começamos. Tem disco nosso vindo aí.

Jota.pê duo ÀVUÀ
Foto: Divulgação

Feitos De Música > Através do duo, você participou recentemente do projeto ONZE, que homenageou o cantor e compositor Adoniran Barbosa, cantando a inédita “A Partida”. Como foi participar desse projeto, de estar num álbum tão especial com outros artistas tão incríveis?

Jota.pê > Foi muito especial, sempre amei a arte e vida de Adoniran Barbosa, vi documentários sobre ele, e também cheguei a entrevistar os “Demônios da Garoa” pra um trabalho de faculdade. Amei real o convite e ter participado ativamente do processo todo, gravei todas as guias do CD inteiro, ajudei a melodiar algumas canções. E fiquei MEGA satisfeito com a música que gravamos, o disco como um todo, com Elza, Zeca Baleiro , muito orgulho

Feitos De Música > Como é o seu processo criativo? Tem algum roteiro, técnica que sempre funciona para te ajudar a compor?

Jota.pê > Eu tento não ter uma regra no modo de compor, pra mim soa meio limitador sabe, parece que sem àquelas condições a gente não consegue fazer, então sempre tento me desafiar a fazer de diversas maneiras ou pelo menos tentar, sem roteiro.

Feitos De Música > Outro dia você escreveu no twitter que ainda falta incluir um feat com a maravilhosa Maria Rita em seu currículo. Além dela, quais artistas você gostaria de cantar junto?

Jota.pê > Vixe, são vários rs… Gostaria muuuito de cantar com Emicida, Drik Barbosa, Tó Brandileone, Iza, Lenine, Djavan.

Feitos De Música > Se você fosse convidado para fazer um show cover em homenagem a um artista do qual é muito fã. Que artista seria este e o show seria criado a partir de que música / emoção?

Jota.pê > Bem, como não consigo escolher apenas um, vou citar três de quem sou muito fã. São eles: Gilberto Gil Drão; Caetano O Quereres; ou Djavan Asa.

Feitos De Música > Atualmente você é presença garantida na abertura do Tindó. Como surgiu este feat com o inspirador Roger Cipó para embalar a celebração de amor preto todas às sextas-feiras durante a live?

Jota.pê > Eu entrei numa live dele uma vez, disse que cantava, ele pediu pra cantar e a partir daí ele me chamou pra abrir sempre kkkk. Tem sido especial de alguma forma fazer parte de um quadro tão importante de troca, de afeto.

Feitos De Música > O que o Jota.pê de hoje, falaria para o Jota.pê lá atrás, no início da carreira, sem este reconhecimento, carinho, audiência que tem hoje?

Jota.pê > Só diria que tá tudo bem, que o caminho é esse mesmo, que todas essas duvidas, vão passar.

Feitos De Música > O que é ser Feito De Música para você?

Jota.pê > É não saber existir sem respirá-la.

Feitos De Música > Te indico (até três artistas que você curte o som e que todos devem conhecer)

Jota.pê > Nina Oliveira, Yasmin Olí e Drik Barbosa. São três artistas incríveis.

Bem, chegamos ao fim de mais um bate papo inspirador. Espero que você tennha curtido tanto quanto eu, conhecer um pouco mais sobre a vida e arte deste artista incrível. E para você cotinuar conectado com o som do Jota.pê, basta seguí-lo no Instagram e também em seu canal no Youtube.

Abração e até,

Cristiano De Jesus

Cristiano De Jesus

Eu, comunicador e sonhador, filho da Dona Rosa e do Sr. João que, enquanto admira às belezas da vida, ouve boas histórias e muitas músicas para criar sua própria trilha sonora.

2 comentários sobre “O canto e os encantos do ‘beija flor’, Jota.Pê

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: