Caio a voz que canta as raízes da nossa brasilidade

Caio a voz que canta as raízes da nossa brasilidade

Olá, estou de volta com mais um bate-papo incrível. Neste mês de setembro, tenho a honra de apresentar aqui no Blog o cantor mineiro Caio. Eu descobri o som dele através da indicação do Rezzito Duarte e me apaixonei de imediato não só pela voz, mas por tudo que ele representa enquanto artista.

Caio, traz uma renovação ao cenário pop musical, pois ele canta nossas raízes, nossos sentimentos, e sobretudo, nos encanta refletindo toda nossa brasilidade em seus shows. Bem, vocês poderão confirmar isso tudo que acabei de falar, mais abaixo nesta breve  entrevista.

Caio, Reprodução Assessoria de Imprensa

Minha voz (falar da sua essência musical – o que curte ouvir e o que você canta?)

Música pra mim é essência. É oração. É silêncio. Quando canto me sinto mais próximo a algo muito maior do que eu.

Canto música brasileira, no meu repertório. Canto músicas de fé pra mim mesmo, do gospel às cantigas de roda. Ouço MPB, Jazz, R&B, Mantras, Pop, Blackmusic e tudo que me toca.

Influências (referências de pessoas, artistas e estilos musicais em sua vida, em seu trabalho)

Me inspiro muito na Elis Regina, Maria Bethânia, Raul Seixas, Solange Knowles, Donny Hathaway, Rick Martin, Tincoãs, Michael Jackson, Beyoncé.

Quando você percebeu que devia fazer transição no tipo de segmento, gênero musical que cantava para mergulhar neste universo mais pop e cheio de brasilidade?

A minha trajetória musical acompanha meu caminho de autoencontro. Eu canto brasilidade desde meu começo profissional, porque iniciei no universo do Samba.

Desde então procurei encontrar uma voz pop para aquilo que eu sentia em meu coração e mente. Quando conheci o Felipe Sassi, ano passado, foi a virada de chave necessária para encontrar esse caminho do meio somando ambos universos. Ele me conheceu e me ajudou nesse processo de expressar minha verdade de forma sincera comigo mesmo.

Caio, Reprodução Assessoria de Imprensa

Seu primeiro single, “Sente O Tambor”, possui uma tremenda força. Ritmo, poesia e seu magnetismo nos conectam com a canção. Como foi o processo criativo desta música? O que veio primeiro, ritmo ou a poesia?

Olha, essa música foi, para mim, uma canalização. Na verdade creio que a arte não nos pertence, só captamos algo. Vivo muito isso no meu processo de composição.

As músicas costumam vir prontas, com melodia e letra, principalmente em sonhos. A partir disso sento com o produtor e busco partilhar os arranjos que se passam na minha cabeça. Ele soma com as ideias dele também, daí fechamos a música (com muita calma haha).

O single ‘Sente o Tambor’, em especial, surgiu como um relâmpago enquanto eu ouvia os atabaques durante uma gira de umbanda. Outra coisa que gosto muito, me conectar com vivências espirituais, conforme meu coração pede. Não sigo uma religião específica. Sou de tudo.

O que significa ser Feito De Música para você?

Saber que essa é, talvez, a forma de estar mais perto do divino, de algo maior, da
consciência, universo… como convir ao seu coração chamar.

Você tem só no Spotify uma média de 14.117 ouvintes mensais. Mais de 25,7 mil
seguidores no Instagram, fora outras redes sociais. Como é o seu relacionamento com seus fãs?

Eu gosto de responder e interagir sempre que posso. A era da tecnologia nos permite esse acesso de forma mais orgânica. É bacana. Mas não me faço refém, ou disso uma obrigação. Tudo precisa de equilíbrio, acredito.

Caio, Reprodução Assessoria de Imprensa

Suas letras falam de forma única sobre nossas raízes, de luta, superação, celebração e, claro, de amor. É uma forma de mostrar para seus fãs, que a vida tem ‘seus altos e baixos’, mas que eles podem e devem sempre seguir em frente sem se perder por outros caminhos?

Sim, exatamente isso! Aceitar a dualidade é necessário. A vida não tem pontos fixos.
Quando aceitamos isso, apesar de não fazer com que os altos e baixos desapareçam, aprendemls que isso é normal. E a transitoriedade é talvez nossa única certeza.

Já tem data para termos suas outras músicas autorais bem como: ‘Aperte o Sinal’, ‘Canto da Liberdade’ e ‘Cair de Pé’, disponíveis nas plataformas de streaming?

Simm! Ainda em setembro teremos disponível!

Dia 13 de setembro, teremos um show seu na Eclética, aqui no Rio de Janeiro. O que você está preparando de especial pra gente?

Olha, além de muito amor e carinho, vou levar com a Banda um pouco de Xênia, Duda e muita brasilidade.

E ai, curtiram também?

Para você saber o que o Caio anda aprontando por ai, basta seguir o IG @caiomusic . Lá ele posta toda a agenda de shows, além de nos presentaer com vários videos cantando, encantando com suas músicas autorais e também alguns covers maravilhosos.

Abração e até mais,

Cristiano De Jesus

Cristiano De Jesus

Eu, comunicador e sonhador, filho da Dona Rosa e do Sr. João que, enquanto admira às belezas da vida, ouve boas histórias e muitas músicas para criar sua própria trilha sonora.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: