Música e Dança com o multimídia Andrey Fellipy

Música e Dança com o multimídia Andrey Fellipy

Meu ritmo

Comecei a cantar na igreja católica aos 12 anos. Estudei teoria musical no conservatório brasileiro de música de Volta Redonda. Com o tempo comecei a compor e me descobrir como artista – tudo começou muito cedo – lógico que com o apoio da minha mãe, Catarina Carvalho.

A dança veio logo depois de completar meus 18 anos. Viajei para São Paulo para uma audição que na qual fiquei na reserva. Meses depois recebi uma ligação sendo informado que teria passado. Fique super feliz com a oportunidade de trabalhar fora, por ser super novinho me bateu um pouco de medo mas abracei a ideia e me joguei de corpo e alma (deu super certo). Conheci países incríveis como Finlândia, Egito, Tunísia, Grécia, Turquia, Viena, Dubai e China. Fiquei anos trabalhando como bailarino no exterior, mas com o tempo comecei a sentir a necessidade de voltar para o Brasil para estudar, adquirir mais conhecimento e conhecer mais pessoas. Sempre aprendendo. Acho isso super importante. Voltei com muitas informações, aprendizados do exterior.

 

Suas influências musicais

Sandra de Sá , Gilberto Gil, Whitney Houston…

Amo musical gospel, Bossa Nova, sou bem eclético e isso é uma coisa bem clara para quem faz as minhas aulas de Stiletto/ Heels Class aqui no Rio de Janeiro.

Carreira mode on

No momento estou em cartaz com musical O Frenético Dancin’ Days’ no Teatro Opus no Shopping Villa Lobos em São Paulo.

Ministro aulas de Stiletto/Heels Class no Centro de Movimento Deborah Colker (Gávea) e na Academia Exerfit (Tijuca).

Sou coach de algumas artistas como: Danielle Winits e Paola Oliveira.

Recentemente lancei no Spotify o meu primeiro single cover da musica “You make me feel” (Sylvester) produzido por Alexandre Elias e no dia 16/05 irei lançar meu primeiro single NASTY (letra e musica de minha própria autoria). Estou super animado! O musical – O Frenético Dancin’ Days’ – reativou esse meu lado musical que tinha deixado um pouco adormecido novamente.

Como é seu processo criativo?

Eu não sigo regras. Como disse sou uma pessoa bem eclética, deixo a musica me levar. Às vezes preparo a aula antes, outras vezes, crio em sala junto com os alunos, o que acho bem bacana.

A Beyoncé é uma referência. Mas hoje em dia, gosto de mostrar para a mulherada que este estilo pode ser muito mais explorado, por conta disso, trabalho diversos ritmos brincando com este estilo e o resultado sempre fica incrível.

Você está em cartaz com o musical “O Frenético Dancin’ Days” – nos conte um pouco sobre o musical, como você recebeu este convite, e como está sendo a experiência com o público desde a estréia?

Recebi o convite da própria Deborah Colker para fazer a audição. Não sou ator mas dei o meu jeitinho de entregar o trabalho no dia da audição. Cantar e dançar sempre foi divertido, mas atuar sempre foi uma ‘loucura’ para mim. Mas adorei o desafio. Deborah é uma grande artista e eu realmente nunca me imaginei trabalhando com essa artista.

No processo criativo do musical ela buscou coisas incríveis dentro da minha pessoa que ela nem mesmo tem ideia. Grato por tudo isso. Fazer parte desse musical esta sendo incrível.

           

Como é a recepção do seu trabalho, sua arte na vida das pessoas?

A mulherada tem um carinho mega especial pelo meu trabalho. Amo essa troca de energia entre aluno e professor. Tento ser o Andrey Fellipy em sala de aula não um professor que esta apenas ali para dar aula. Gosto de conhecer cada aluno. Respondo todas as mensagens que recebo de carinho dos poucos seguidores que tenho.

Como faz para conciliar família, carreira?

Isso é uma coisa muito difícil no momento para mim. Mas a ligação sempre rola entre mamis e eu. Ela super entende esse correria, mas como toda mãe ela sente logico!!! Mas a gente se ama muito e troca muito carinho!

Viver de arte

No Brasil é bem difícil mas a gente vai lutando e buscando da melhor forma possível. Eu tento não pensar muito sobre o lado difícil disso tudo. Apenas sigo.

E falando em seguir, você pode acompanhar o dia a dia do Andrey no Instagram@andreyfellipy e também se inscrever no seu super canal do  YouTube http://www.youtube.com/andreyfellipy . Ele garante atualizar o mesmo toda semana com vídeos das aulas maravilhosas que ele dá aqui no Rio.

Ah! E, se você for do Rio, pode ir conhecer um pouco mais de perto o trabalho dele no Centro de Movimento Deborah Colker (Gávea) ou na Academia Exerfit (Tijuca). Tenho certeza de que você também vai amar.

P.S -> fotos e vídeos cedidos gentilmente pelo próprio artista para reprodução.

Deixe seu comentário, e me conte o que achou deste bate papo com o Andrey, se você curte dançar, se gostaria de fazer aulas de Stiletto, vou adorar saber.

Abração,

Cristiano De Jesus

Cristiano De Jesus

Eu, comunicador e sonhador, filho da Dona Rosa e do Sr. João que, enquanto admira às belezas da vida, ouve boas histórias e muitas músicas para criar sua própria trilha sonora.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: